Guia Z Cinco destinos para o seu Carnaval

Se você é daqueles que curte o feriado do Carnaval, mas não curte tanto a agitação, essa postagem é para você!

Toda cidade, por menor que seja, tem sempre uma banda, um bloquinho de rua, um baile ou mesmo um desfile de crianças para comemorar a data. Com os cinco destinos listados abaixo não é diferente, mas garantimos que nessas cidades você aproveitará muito mais momentos de tranquilidade do que folia.

Confira:

1 - Analândia

Se você conhece Brotas e deseja passar o feriadão em uma cidade mais ou menos parecida com ela, mas sem tanta gente pelas ruas e cachoeiras, seu destino é Analândia.

O cartão-postal da cidade, o Morro do Cuscuzeiro é uma formação solitária arenítica com os últimos 50m totalmente verticais com várias vias de escalada com cordas. Você também pode subir a pé até um certo ponto e curtir a vista sem precisar se aventurar tanto.

Se você gosta de cachaças – Pirassununga que fabrica uma famosa marca, fica a 35 km – Analândia marca presença com a Cachaçaria Macaúva. Além da visitação ao alambique, há um restaurante com uma carta com 24 aguardentes de todo o Brasil.

Distância de São Paulo: 236 km.
Como chegar: saia de São Paulo pela Rodovia dos Bandeirantes até o encontro com a Washington Luiz, seguindo por essa rodovia até o trevo de Analândia.

 

2 - Cunha

O Carnaval no centrinho histórico de Cunha pode até ser agitado, mas o município que dá início à Serra da Bocaina tem tanta área livre para passear, que o sossego é garantido.

Quem pega a sinuosa estradinha para o distrito de Campos de Cunha dirige por 28 km praticamente sem encontrar vivalma, apenas com as montanhas ao lado. De lá, são mais 8 km até a Cachoeira do Paraitinga, já na vizinha Silveiras.

Do lado inverso, com acesso pela estrada Cunha-Paraty, subir a Pedra da Macela em dias claros é garantia de se ver além da cidade histórica fluminense de um ângulo inusitado e muito próximo.

Distância de São Paulo: 233 km.
Como chegar: siga pelo Sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto até o final, continuando pela Via Dutra até Guaratinguetá. O trecho final de 47 km é pela SP-171.

 

3 - Gonçalves

No Carnaval, a temperatura na região é bem amena, possibilitando encarar uma atividade aquática. Como as cachoeiras têm fácil acesso e deverão estar abarrotadas, você pode fazer um boia-cross no Rio Capivari.

Bom condicionamento físico é pré-requisito para subir as pedras Bonita, do Forno e Chanfrada e ficar embasbacado com a vista que se forma – na mais alta, a Pedra Bonita, consegue-se ver Campos do Jordão. Com um nível menor de exigência física, a Pedra de São Domingos é uma boa opção para quem viaja com filhos adolescentes.

Distância de São Paulo: 221 km. Como chegar: prepare-se para um ziguezague de rodovias. O começo é simples, seguindo pelo Sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto e prosseguindo pela sua continuação natural, a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro. Saia no trevo de Santo Antônio do Pinhal pegue a SP-046. Atravesse Pinhal e vá até o trevo da SP-050, prosseguindo por 2 km nessa via, até o trevo da SP-042. Continue por essa e, 8 km após São Bento do Sapucaí, ufa, entre na derradeira estrada, dirigindo mais 13 km.

 

4 - Monte Alegre do Sul

O efervescente comércio de Serra Negra está a 11 km, e as construções históricas de Amparo, a 13 km. Um pouco mais distante – mas nem tanto – 30 km é a distância para as atividades radicais de Socorro e com 40 km de estrada, chega-se em Monte Sião e suas centenas de malharias.

Se você for louco por passeios, mas não abre mão de noites pacatas em tempos de folia, a localização estratégica e a tranquilidade de Monte Alegre do Sul caem como uma luva. Porém, ao fincar seus olhos na cidadezinha, bater um papo com os moradores ou passear pelas estradas que cortam a área rural, é bem capaz que você não saia para conhecer nada.

Quem viaja com crianças deve reservar um tempo para conhecer a Mini-Cidade, uma maquete mostrando Monte Alegre do Sul em miniatura.

Distância de São Paulo: 131 km.
Como chegar: há varias ligações possíveis entre São Paulo e Monte Alegre do Sul. A mais curta é pela Rodovia Fernão Dias. Entre no trevo de Bragança Paulista, atravesse a cidade, prosseguindo pela SP-146. Entre no trevo de Pinhalzinho e Monte Alegre para os derradeiros 24 km da viagem.

 

5 - Tapiraí

Localizada na divisa da região sorocabana com o Vale do Ribeira, bem no topo da Serra do Mar, Tapiraí exala Mata Atlântica – e tranquilidade – por todos os lados. Quem conhece Paranapiacaba nota semelhanças na névoa por vezes presente e no alto índice de chuvas.

Mais próxima da cidade, mais baixa, quase sem trilha e com poço para banho, a Cachoeira do Alecrim é perfeita para quem viaja com crianças.

Distância de São Paulo: 142 km.
Como chegar: pegue a Raposo Tavares, Logo após atravessar Vargem Grande Paulista, siga pela sinuosa Rodovia Bunjiro Nakao (SP-250). Passe poe Ibiúna e Piedade até encontrar a BR-478, que segue rumo a Tapiraí.

 

Vai de Zazcar?

Escolha um dos pacotes disponíveis e aproveite o seu Carnaval para fazer uma super viagem.

Sobre o Guia Z

Feito para você explorar a cidade, o Guia Z traz várias dicas e informações valiosas para você, sua família e seus amigos se divertirem.